Lançado há dez anos, Android superou desprezo da Nokia - ED Tuttors

Lançado há dez anos, Android superou desprezo da Nokia, Microsoft e Symbian

Android superou desprezo – Em 2007, o mundo era um pouco diferente. George W. Bush ainda era presidente dos Estados Unidos, os capítulos finais de Harry Potter e as Relíquias da Morte tinham acabado de ser publicados, o filme dos Simpsons estreava nos cinemas, a Tesla começava a mostrar seu Roadster pelos salões de carros e Steve Jobs revolucionava o mundo da tecnologia como o primeiro iPhone.

Mas 2007 foi também o ano de outra revolução, que começou despercebida até alcançar o topo da cadeia. Foi nesse ano que a Google apresentou seu próprio sistema operacional para smartphones, o Android.

O mercado era bastante diferente na época, dominado por mastodontes como Nokia, Motorola e BlackBerry, mas, ainda assim, o Android se registrou como um dirigível no radar.

Nem todos estavam convencidos de que a Google seria bem sucedida com a tentativa de um novo sistema operacional. Há 10 anos, Microsoft, Nokia, Symbian e Apple subestimaram o Android de forma implacável, transformando suas aspirações em potencial para algo mais do que um pequeno pedaço do mercado do telefone.

Se a gente avançar rapidamente no tempo, dez anos depois, eis o cenário daquelas empresas. A Microsoft sofre com seus dispositivos móveis, a Nokia aprendeu a não minimizar o Android e a Symbian, bem, acabou.

A Apple é a exceção à regra, confiando em seus iPhones para faturar. As fronteiras foram estabelecidas naquela época e os principais jogadores estavam desfrutando o aumento das vendas de dispositivos em um mercado ainda em formação.

É importante lembrar que em 2007 se experimentavam as possibilidades da internet móvel, e apenas o iPhone tentava quebrar o molde. Claro, em longo prazo, tornou-se claro que o Android não estava a passeio, mas mirava o domínio do mercado — o sistema operacional do robô está em 85% dos aparelhos móveis, segundo a IDC.

 

Veja o que as gigantes da época disseram sobre o Android há dez anos

Nokia: “Nós não vemos isso como uma ameaça”.

Microsoft: “Parece que eles reuniram um monte de pessoas para construir um telefone e isso é algo que fazemos há cinco anos. Não entendo o impacto que eles terão”, disse Scott Horn, da equipe do Microsoft Windows Mobile.

Symbian: “Se o Google não estivesse envolvido, a indústria iria bocejar e virar para o lado. Levamos a sério, mas somos os que possuem telefones reais, plataformas de telefones reais e uma riqueza de volumes acumulados ao longo dos anos”, declarou John Forsight, que chegou a ser CTO da Symbian.

Apple: “Temos um ótimo relacionamento com o Google e isso não muda nada. Eles certamente são um parceiro importante para o iPhone”, afirmou a porta-voz da Maçã à época, Natalie Kerris.

E foi assim que o Android superou desprezo por outras marcas famosas.

 

Veja o primeiro celular Android do mundo:

Há sete anos, chegava o T-Mobile G1, também conhecido como HTC Dream. (Imagens abaixo)

Lançado há dez anos, Android superou desprezo da Nokia, Microsoft e Symbian
5 (100%) 1 vote

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui